Apr

16

As coisas dos dias

by admin

Sempre senti curiosidade em tentar perceber as milhentas maneiras de as pessoas encararem as dificuldades e os momentos maus…

Religiões, droga, álcool, teimosias, sonhos, eu sei lá… Falo com muitos amigos e tento perceber de que forma é que a experiência deles me poderá ajudar a mim… Não é que esteja a viver momentos complicados…Bem pelo contrário…

Fui aumentada, daqui a dois meses tenho férias de praia que não faço à um ano e vou a Cracóvia em Outubro…

Não me estou a queixar mas ando muito cansada, sem energia para mandar cv´s a noite e sem vontade nenhuma de ir trabalhar!

Antes ia correr muito mais do que agora, saia à noite e andava muito mais animada…Agora tenho uma tosse persistente, só me apetece ver televisão e só espevito à Sexta Feira….Porque será??

Eu não sou religiosa…Tenho a minha fé, não leio livros sagrados, mas gosto muito de ler…De tudo um pouco, desde economia a coisas mais misticas papo tudo e depois faço a minha triagem…Interessam-me as experiências e a forma como os outros contornam obstáculos…Mas às vezes não é preciso ir muito longe para podermos presenciar isso….

Eu tenho os exemplos em casa…E hoje apercebi-me disso…A mamã e o mano…

Orgulho-me de ter um mano que 12 anos depois de ter desistido da terrivel Matemática do 12º ano terminou-a com a bela idade de 31 anos e não pára de tirar cursos e formações na área dele…Trabalha das 9h00 as 17h30, estuda à noite, é voluntário e formador numa corporação de bombeiros e ainda atura a maluca da minha mãe! Irra é obra…

(Excluindo o facto que me pagou os bilhetes para a Polónia como prenda de anos!!! – mano estas palavras não é bajulice…e toda a gente sabe disto porque ele não liga ao blog…nem deve saber o endereço).

A maluca da minha mãe que com a pancada que tem leva os psiquiatras e os médicos do Hospital da Luz ao desespero (um obrigada à Dra. Alexandra) ficou viúva à 8 meses, de um dia para outro decidiu mudar a vidinha dela, tirar mais tempo para ela, alugar o negócio, cuidar mais dela, encontrar outro trabalho, e ainda vir a Londres ensinar a filha a arranjar namorado!! Teorias dela: Eu já lhe disse, eu tenho opções mas não quero namorado…

Em dias como hoje em que não me apetece mandar cv´s e usar o cerébro amolecido do trabalho e venho para aqui escrever devia era pensar neles os dois…No facto de terem saudades minhas e de precisarem ainda de mim e estarem felizes por eu estar cá e estarem a fazer um esforço para que as coisas dos dias deles corram bem e sempre a querer um bocadinho mais…

Eu devia de deixar de ser preguiçosa e pensar mais em mim…Já dizia o meu pai: não estudas o mal é teu…Pois eu agora aceito e interiorizo as suas palavras, se não ando à procura de trabalho ele não me cairá no colo, enquanto não arranjar trabalho na City nada de voltar às aulas de dança nem de voltar à faculdade…

Claro que também sei que se aproximam datas complicadas e díficeis de gerir: o aniversário da minha afilhada, do meu pai, e o meu…Mais um ano sem estar em Portugal…Não ligo ao meu aniversário, mas custa-me não apertar e afogar o meu Mau-Feitio de beijos no dia de anos… O primeiro aniversário depois da morte do meu pai e a única coisa que posso fazer é tê-lo no meu pensamento…

Mas encontrar desculpas para a minha preguiça não me resolve o problema…Por isso não dou hipóteses a mim mesma…Amanhã há que voltar ao trabalho…Chegar a casa e depois do jantar afocinhar nos curriculos…

4 Responses to “As coisas dos dias”

  1. Claudia Costa Says:

    Ora aí está…nada nos cai do céu! Há pessoas que nem precisam pestanejar para terem o que querem! Nós maria temos de por mãos ao trabalho! E tu sabes que tens de o fazer! Portanto toca a deixar a preguiça de lado e procurar trabalho!

    Eu ando numa roda viva! Trabalho…depois o que sabes…danças…namorado…familia…e o que mais me aparecer! Ando a dormir pouco…muito pouco para a rainha das dorminhocas :)
    Mas ando de sorriso na cara e feliz..porque afinal isto é apenas uma passagem que me vai trazer o que quero! Não tenho tempo sequer de tomar um banho relaxante e ficar em frente á tv a vegetar!
    Por isso deixa-te de justificações…preguiças e tonteiras…anima-te! Os que gostam de ti querem ver-te bem…saber que estás feliz!!

    Jinhos

  2. Cláudia Gonçalves Says:

    Pois…Boas noticias…Hoje estive uma hora a preparar uma candidatura…Claro que ainda não a terminei…Fazer candidaturas em Londres não é a mesma coisa que aí! Só esta me vai levar bem umas duas horas…

    Vida boa aí!!!

  3. Gabi Says:

    Se é que te anima um pouco….
    a tua afilhada passou para o 4º ano com uma avaliação global de “muito bom”.
    e este ano não está a pedir brinquedos para os anos (acho que está a crescer….que saudades…)
    Está grande, este ano estou a ver-me em “papos de aranhas” com ela, nada lhe serve.

    muitosssssssss beijosssssssss de todossssssssss

  4. Cláudia Gonçalves Says:

    Olá…Eu pensei nisso quando comprei a prenda dela…Era de prever que ela já não ligasse tanto a brinquedos…Então comprei uma coisa entremédia… Não é um brinquedo, mas é próprio para a idade dela…

    Está-me a custar horrores pensar que vai ser mais um aniversário sem ela…E depois os anos do meu pai…E depois os meus…Bem, entre mortos e feridos hei-de me arranjar…

    Quando cá querem vir???

    Muitos beijos para ela por ter passado e para os papás e avós que afinal ajudam bastante :)

    Beijos cheios de saudades…

Leave a Reply