Jun

04

Dona Lúcia…Dona Lúcia…

by Cláudia Gonçalves

Para quem não me conheça assim tão bem, deixem-me dizer-vos uma coisa…Fui professora de Inglês durante dois anos na Escola Primária No (qualquer coisa) de Alvadade…

Os meninos já há muito que não tratam os professores por stor como no meu tempo da preparatório. Tratavam-me por Cláudia. Muito respeitosamente diga-se…Mas eu sou do tempo…Eu sou do tempo em que se tratava a professora primária de Dona… A minha era a Dona Lúcia. Uma jovem de 40 anos gigante, muito alta para portuguesa de gema (penso que era de ascendência moçambicana) que metia um respeito enorme a crianças como nós, com menos de meio metro.

Numa altura em que a Educação volta a estar em debate (como se alguma vez estivesse fora de moda) lembrar-me da minha professora primária faz-me pensar…

Acabei de ler uma crónica da Visão. Preocupa aos portugueses o facto de a educação já não poder ser encarado um meio de ascensão social. A verdade é que isto é verdade… Já não se pode chegar a rico lá porque se tirou Direito, tirar um curso superior já não é sinónimo de emprego. E isto é muito triste sim senhora…Muito triste e nada bom para nós…

Mas a verdade é que não nos podemos esquecer que a par da educação para se poder “ser alguém na vida” (expressão portuguesa que me horroriza), tão ou mais importante é…trabalhar…sim meus amigos…trabalhar…

A educação em Portugal é má, pois é…Mas o ensino geral em Inglaterra deixa muito a desejar também, não se iludam…A verdade é que a educação é muito importante mas estamos a chegar ao estágio em que ser literado, educado, já não é suficiente. Agora sim há que juntar à equação o trabalho e a inteligência. E isso não é necessariamente mau!

Claro que não quero escandalizar aqui ninguém, eu não sou a favor de um péssimo sistema de ensino lol… Eu sou apologista que todos temos que ter direito ao ensino, a um ensino de qualidade, dando a toda a gente a mesma bagagem…Depois o resto depende de nós!

À Dona Lúcia, a quem mando um beijinho muito especial de homenagem, pelas milhares horas de paciência a aturar ogres de 50 cm, só posso agradecer por nos

ter sempre tratado como aprendizes e não meninos…Sempre nos motivou a aprender tudo, sempre nos incutiu disciplina e sempre foi muito exigente…Apesar de muitas horas de trabalho, fazia-nos rir e ensinava… Que me lembra exagerou na exigência apenas uma vez, porque nos pôs a todos de castigo não nos deixando lanchar…O meu pai, não em tom de repreensão, disse-lhe: pode ficar de castigo as vezes que necessário for mas deixe-os lanchar!!

De resto, só tenho a agradecer…E acredito que as centenas de crianças que lhes passou pelas mãos e consciência são da minha opinião…

Dona Lúcia, obrigada…

One Response to “Dona Lúcia…Dona Lúcia…”

  1. Claudia Costa Says:

    Ora aqui está uma questão muito pertinente e que agora é tema central dia sim dia não nos nossos jornais!!

    Pois isto é tudo muito bonito…mas a educação não é só na escola que se aprende! Em casa, os espelhos que temos têm de dar bom exemplo!

    E eu fico parva nos dias que correm os papás destes projectos de pessoas dizerem coisas como “Se a professora te disser isto ou aquilo..dizes-me que eu vou lá falar com ela e ponho-a no lugar dela!” Desculpem?!?! Isto é absurdo…mas eu já assisti a uma cena destas! Claro que fiquei de queixo caído!

    Ainda sou do tempo…e não foi assim há tanto tempo…que se eu chegasse a casa e tivesse o azar de dizer que tive de castigo ou que a professora me disse isto ou aquilo…a minha mãe ainda me dizia “Muito bem! A professora tem razão!”

    Mas isto, e desculpem-me os mais sensíveis, era no tempo em que havia respeito pelos professores e no tempo em que havia bons professores! (Não querendo meter todos no mesmo saco! Claro!)

    Infelizmente, eu ainda apanhei uma geração de professores que por favor! Sabiam menos que nós! Ainda me lembro de andar a fazer exercícios nas aulas e perguntar uma dúvida ao professor e ele responder-me prontamente que “Ahh..não sei! Ainda não cheguei a esse exercício!” Eu tinha vergonha na cara de dar uma resposta destas a um aluno!

    Toda a vida houveram bons e maus professores e alunos também! Mas sinceramente nesta altura do campeonato acho que passa tudo pela bela da educação e pelo bom senso!

    Apesar dos castigos e puxões de orelhas que levámos, se recordamos com saudosismo alguns professores, é porque esses foram bons e respeitosos! Deram-nos as bases que temos hoje! E ainda nos ensinaram jamais e desrespeitar um professor ou quem quer que fosse!

    Só mais uma coisinha para terminar! Havia de ser no nosso tempo que ía-mos com telemóveis para as aulas! Já levar uma pastilha elástica era o que era!!! Além de ouvirmos os professores ainda levávamos um raspanete em casa! E era no nosso tempo que tínhamos professores a darem aulas ridículas sobre sexualidade com exemplos bem explicadinhos e ameaças à mistura!! (Saliente-se que a aula era de História!)

    Enfim….Obrigada aos professores fixes que tive!Porque os tive! Um beijinho especial a duas das melhores professoras primárias do mundo, Professora Maria Manuela Urbano e a Professora Ana Paula!

    Bj,

    Claudia Costa

Leave a Reply