Jul

10

9 de Julho de 2008

by Cláudia Gonçalves

Acordei…Totalmente desorientada…Acordei meia hora mais tarde do que o costume. Sentia-me esquisita. Parecia doente. Não sei se fisica se psicologicamente ou ambos. ( E uma merda de tempo…)

Pensei…Ai maria, foi das PIMPS que tomaste ontem à noite…PIMPS é uma bebida deliciosa cá do sítio. Não sabe a alcóol, parece sangria porque é feita com quilos de fruta mas não tem nada a ver. Olhei-me no espelho. Não pode passar de hoje, tenho que ganhar tomates e ir cortar o cabelo a Londres. Lá fui falar com a Aifa para ela me explicar onde é o cabeleireiro e rezei aos Santos todos que conheço para me conseguir fazer explicar.

Porquê cortar o cabelo? Porque ja parecia um monstro e apesar desta semana ir passá-la em casa a verdade é que nestes momentos de angústia e incerteza a auto-estima é de vital importância e nós não nos podemos descuidar senão ficamos gordos e inúteis num instante.

E fui…Estava definitivamente em baixo porque tinha ido a uma espécie de entrevista para uma loja e o gajo queria-me pagar menos que o ordenado minímo nacional e eu mandei-o pastar.

Lá fui cortar o cabelo. Não custa nada é na minha rua, no final…Entrei e comecei a explicar à senhora simpática que era a primeira vez que cortava o cabelo no Reino Unido e que estava com receio de não me saber explicar. Ela perguntou-me à quanto tempo estava em Londres…E eu…dois meses…E ela: – Dois meses!!??? Fala tão bem…. (gabarolice agora).

Depois perguntou-me de onde era. E eu…De Portugal…Depois aquela cara recebeu um sorriso ainda mais simpática e ouvi em bom português: Eu sou de Braga…Ou seja o primeiro cabeleireiro em que me enfio em Archway tem uma cabeleireira portuguesa!!!!!!!!!!!!!

Muito simpática convidou-me para quando estiver triste ou em baixo passar por lá para beber um cafézito sempre que precisar. :) Agradeço-lhe a simpatia e penso que me tornarei cliente fiel…

Há dias assim…Faz quase dois meses que estamos aqui e o segundo mês é sempre mais díficil. Eu acho que vou ter a ressaca agora porque se aproximam os meus anos e não vou estar em Portugal. Claro que posso passar aqui com as pessoas, vai ser divertido e diferente e etc, mas não vão estar aqui as pessoas mais importantes e determinantes na minha vida. Ou realmente me dão uma grande prenda de anos, como tipo, o trabalho que quero, ou então fazer 25 anos, que é um marco na vida de qualquer pessoa não vai ser como eu estava à espera.

Vamos ver…

2 Responses to “9 de Julho de 2008”

  1. Nuno Says:

    LOL ainda não foi desta que fizeste um verdadeiro corte britânico! :P

    Mas haverá mais oportunidades de dizer “I just want to cut the «ear of corn points»” (cortar as pontas espigadas! ahahahahaha)

    Quando é que fazes anitos??
    Beijo,
    Nuno

  2. Cláudia Gonçalves Says:

    Faço anos a 18 de Julho, próxima sexta-feira… Ainda não sei se estou feliz ou infeliz por fazer anos em Londres…Vamos lá ver…
    ;)

    Obrigada pela dica.
    Uma beijoca

Leave a Reply